PPRA, saiba como implementá-lo e descubra quais os seus benefícios.

O PPRA – Programa de Prevenção dos Riscos Ambientais é um programa determinado pela Norma Regulamentadora 9 (NR-9) que define a obrigatoriedade por parte do empregador da elaboração e implementação das normas que visam a saúde e a segurança do trabalhador.

Durante a elaboração do PPRA são identificados os possíveis riscos físicos, químicos e biológicos existentes no ambiente de trabalho, gerando soluções de prevenções de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais. A elaboração, geralmente é realizada pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT), mas pode ser feita por outro profissional caso assim a empresa deseje.

Toda empresa, independente do segmento, que possui ao menos UM funcionário sob o regime CLT deve realizar e implantar o PPRA, ou seja, independente dos riscos existentes no ambiente de trabalho ou a quantidade de funcionários, o PPRA deverá será obrigatório.

O PPRA é a base para elaboração do PCMSO – Programa de Controle Médico da Saúde Ocupacional.

O documento deve estar disponível para fiscalização de órgãos competentes, poderão emitir um parecer técnico sobre o PPRA e solicitar medidas corretivas do mesmo.

Existem diversos benefícios associados a implementação do PPRA, tanto para o empregador, como para o empregado.

Veja abaixo alguns desses benefícios:

  • Definição da real necessidade de cada setor e cada funcionário no uso de EPI – equipamento de proteção individual.
  • Definição de EPC – equipamento de proteção coletiva.
  • Aumento na sensação de segurança no ambiente laboral, gerando aumento da na qualidade de vida de todos os funcionários.
  • Maior engajamento dos funcionários no cuidado com a segurança.
  • Diminuição do absenteísmo e presenteísmo.
  • Diminuição do número de acidentes do trabalho e doenças ocupacionais, reduzindo encargos trabalhistas.

Atente-se:
Cada setor de sua empresa deve ser representado no PPRA. O documento deve estar disponível para todos os seus colaboradores, assim como para os órgãos fiscalizadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.