Quando a ansiedade se torna patológica?

A ansiedade é um reflexo do nosso cérebro que é ativada quando estamos frente a situações desconhecidas ou adversas. Essa ativação se dá em decorrência de uma descarga de adrenalina para enfrentar essas situações.
No quadro de ansiedade patológica, essa ativação é tão intensa, que a nossa mente/corpo pode entrar em colapso e paralisar uma pessoa, seja mentalmente ou fisicamente.
O grau é tão avançado que as atividades de vida diária ficam prejudicadas, por exemplo, faltar a compromissos importantes, não ir ao trabalho, não sair de casa, etc.

Os reflexos físicos do distúrbio de ansiedade são:

  • Dor ou aperto no peito e taquicardia (aumento das batidas do coração).
  • Respiração ofegante ou falta de ar.
  • Transpiração excessiva.
  • Tremores nas mãos ou outras partes do corpo.
  • Fraqueza ou cansaço.
  • Boca seca.
  • Extremidades como mãos e pés frios ou suados.
  • Enjoo.
  • Rigidez muscular.
  • Dor de barriga ou diarréia.
  • Desmaios.

Os reflexos psicológicos do distúrbio de ansiedade são:

  • Preocupações, dificuldade para relaxar, medos exagerados.
  • Sensação pessimista contínua, acreditar que um desastre ou alguma coisa muito ruim vai acontecer.
  • Preocupações excessivas com saúde, dinheiro, família ou  trabalho.
  • Medo exagerado de alguma situação específica ou de um objeto qualquer.
  • Medo exagerado de ser humilhado publicamente.
  • Não conseguir se controlar frente ás situações ao seu redor, ter pensamentos incontroláveis, imaginar situações, cenas, imagens ou atividades diversas vezes, mesmo sem querer.
  • Travar de medo após passar por momentos vistos como difíceis.
  • Falta de concentração e dificuldade para dormir.

Ficou com alguma dúvida ou está apresentando algum desses sintomas? Procure um médico ou um profissional de saúde mental!