Saiba quais são os alimentos que auxiliam e os que prejudicam a ansiedade.

black and red cherries on white bowl

A ansiedade provoca um turbilhão de emoções e ainda reflete na saúde do nosso corpo.
Existem tratamentos e terapias para controlá-la, mas sabia que a alimentação também pode ajudar no controle da ansiedade?
Alguns alimentos contêm aminoácidos e vitaminas essenciais que atuam diretamente diminuindo o estresse, combatendo a ansiedade e aumentando os níveis de serotonina e triptofano, que são responsáveis pelo bem-estar e pelo relaxamento e também diminuindo o nível de cortisol, o famoso hormônio do estresse.

Veja abaixo a lista dos alimentos associados à ansiedade:

Alimentos recomendados

Frutas cítricas: Em frutas como kiwi, limão e laranja, a vitamina C é encontrada em grandes quantidades.
Essa vitamina tem a ação de diminuir a produção de cortisol, que é o hormônio liberado no corpo em resposta a situações de estresse e de ansiedade. Sendo assim, ao consumir regularmente essas frutas, o nosso sistema nervoso terá melhor funcionamento e nós teremos sensações de bem-estar.

Mel: Produtor de serotonina, neurotransmissor que causa sensação de prazer e bem-estar

Salmão: Principal fonte de ômega 3, é um antidepressivo natural que traz proteções para o cérebro. Também é rico em magnésio, elemento que favorece o relaxamento do nosso corpo e reduz o estresse.

Banana: Fruta rica em potássio, fortalece o funcionamento do sistema nervoso e controla situações de ansiedade e estresse.

Chocolate: Produzido através do cacau, tem como propriedade a diminuição dos níveis de cortisol, hormônio que produz o estresse.


  Alimentos não recomendados

Cafeína:  De propriedade estimulante, atua no sistema nervoso central aumentando o fluxo de hormônios causadores de estresse, ansiedade, irritabilidade, insônia e tensão muscular.
Portanto, pessoas ansiosas devem evitar café, guaraná, chá preto, chá verde e outros estimulantes que possuam cafeína em sua composição.

Gordura saturada: Presente em alimentos de origem animal, pode provocar inflamações no corpo e atuar na liberação do cortisol, hormônio ligado ao estresse.

Bebidas alcoólicas: O álcool tende a dificultar a absorção de vitaminas e minerais que são fundamentais para a liberação de neurotransmissores responsáveis pelo controle do humor. O consumo do álcool em excesso está acompanhado também pelo efeito contrário da euforia, que é a ressaca, trazendo piora dos sintomas da ansiedade.

Carboidratos refinados: Alimentos ricos em farinha branca e açúcar aumentam o desejo de comer porque geram uma sensação de satisfação muito rápida. Para quem tem ansiedade, o desejo por comer mais alimentos ricos carboidratos em pouco tempo, aumenta.

Alimentos industrializados:  Produtos ricos em componentes químicos que geram inflamações e liberam cortisol, hormônio que em excesso pode aumentar o nosso peso.

Ficou com alguma dúvida? Busque um nutricionista!